O que está por trás da coalizão anti-terrorismo da Arábia Saudita?

Arábia Saudita e o terrorismo islâmico

Charge de Taher Shabani. No braço do atirador está escrito DAESH, a sigla árabe para o Estado Islâmico do Iraque e Síria

Em mais uma manobra de relações públicas, a  Arábia Saudita anunciou para o mundo, no dia 15 de dezembro, a formação de uma nova Liga Muçulmana de Combate ao Terrorismo, que incluiria 34 países da Ásia, África e Oriente Médio. No dia seguinte, dois dos principais países do grupo, Indonésia e Líbano, anunciaram que não faziam ideia de que participavam de tal aliança. Continue lendo