Sobre Empresariado, políticos e Síndrome de Estocolmo

 

Se há algo que ficou indiscutivelmente comprovado com os últimos capítulos da nossa crise nacional, é que praticamente todo o alto escalão da nossa classe política — e consequentemente todos os aparelhos do sistema democrático — é, direta ou indiretamente, subordinada aos alto empresariado. Isso é algo que grande parte da esquerda vem dizendo há anos, mas até agora ninguém podia ter dimensão real do quão profundo era o domínio do empresariado sobre a República. Assim, é perfeitamente compreensível que aumente a cada dia o descrédito sobre classe política. Agora, o que não faz nenhum sentido é que, exposto o parasitismo do alto empresariado em todos os esquemas de corrupção política, diante de tantos escândalos envolvendo empresas como a Odebrecht, revelado o potencial de destruição de que esse sistema de corrupção empresarial demonstrou ser capaz, as pessoas ainda sejam tão ingênuas a ponto de continuar tendo essa fé cega na figura d’O Empresário para gerir a máquina pública.

Continue lendo

Pérolas aos porcos

dilma 2

Independente das muitas críticas ao governo PT, sou totalmente contra o Impeachment. Ainda assim, uma parte de mim não pode deixar de querer que Dilma saia. Não por não querer a continuidade do seu governo (e não que eu queira a continuidade DESSE governo), mas porque esses bárbaros não valem a pena o que essa mulher passa.

Dilma redefiniu as concepções brasileiras de linchamento moral. Continue lendo

Os heróis errados

Não seja essa pessoa

Não seja essa pessoa

Quem defende a instituição da policia militar como se fossem heróis só pode ser alguém que ou nunca abriu um jornal, ou é tremendamente ingênuo, ou mostra sérios problemas de senso moral. E não é só por causa das manifestações violentamente reprimidas, mas por causa de todo o histórico desta organização de terrorismo estatal.

Continue lendo

Contra o Aumento: O MPL e as raízes da luta pelo direito à cidade

MPL e as raízes da luta pelo direito à cidade
Alckmin e Haddad decidiram fechar 2015 com o anúncio de um novo aumento na tarifa de transporte público, e a partir do dia 09 de Janeiro a passagem de ônibus e metrô passará a custar R$3,80. Isso, é claro, a menos que a população se organize pela defesa do direito de acesso à cidade em que vive. Por isso, o Movimento Passe Livre  convocou uma manifestação para o dia 08, sexta-feira, para barrar o aumento e reforçar a luta social por um transporte público gratuito e de qualidade.

Continue lendo

Sobre solidariedade seletiva

cristo-redentor-apoio-franca
Primeiramente, sim, a opinião é sua, o facebook é seu, e você pode postar o que quiser nele. Ninguém está te proibindo de sentir compaixão, medo, consternação. Nada te impede de valorizar tanto a vida das vítimas francesas quanto das vítimas de tantos outros crimes (e se você faz isso, então não tem motivo pra se preocupar com as críticas à solidariedade seletiva) e é claro que você pode e deve se preocupar com os atentados de ontem, porque as repercussões serão globais. Acredite, ninguém quer que você ignore os ataques da França, até porque quem faz essas críticas geralmente conhece a sensação de ter suas próprias tragédias ignoradas. Não se trata de promover alienação, e sim de pensar criticamente. Em outras palavras, o que as pessoas devem se perguntar é o porquê de algumas dores te parecerem maiores do que outras.

Continue lendo

Mais vale um chinês na jaula do que um cachorro no pastel, ou Gente que prefere bicho do que gente

Foi denunciada na grande mídia, na semana passada, uma pastelaria no Rio de Janeiro que mantinha funcionários em regime de trabalho escravo sob tortura e usava carne de cachorro pra rechear pastel. A denúncia de trabalho escravo não é nova, já é de conhecimento do MPT desde 2013, mas ganhou repercussão midiática apenas dois anos depois, quando foram descobertos os corpos dos cães congelados junto às pequenas celas onde chineses eram estocados como cães em um canil.

Continue lendo